Compartilhe

A agência espacial norte-americana, a Nasa, abrirá no mês processo de seleção para recrutar novos astronautas para missão à Lua e, possivelmente, Marte. As inscrições serão do dia 2 a 31 de março.

Mas, se você se animou, melhor escutar até o fim: só serão aceitos candidatos norte-americanos.



Então, se você é brasileiro e não tem dupla cidadania, não será dessa vez que terá chance de integrar o time de astronautas da Nasa.

Além da nacionalidade americana, o candidato precisa também ter um currículo bem elaborado.

Uma das exigências, por exemplo, é ter mestrado em ciência, tecnologia, engenharia e matemática ou dois anos de pesquisa para ser Ph.D em uma dessas áreas.

É necessário também ter 24 meses de experiência profissional relevante ou mil horas de vôo em aviões a jato.



E quem cumprir todos os requisitos de formação e experiência profissional ainda terá que passar por um teste físico da agência espacial.

O processo de seleção é longo e deve terminar só em 2021.

Em uma das etapas, será preciso fazer um teste online de duas horas para provar conhecimentos e habilidades.

Tudo bem complexo?

Os processos de seleção da Nasa geralmente são assim, mas nada que assuste os interessados. No último recrutamento da agência, quase 20 mil pessoas se candidataram.

Desde os anos 1960, a agência já selecionou cerca de 350 pessoas para treinar como astronautas.

No processo de seleção que começa em março, a expectativa é recrutar entre 8 e 12 profissionais.

O salário dos selecionados pode chegar a 161 mil dólares.