Compartilhe

Em estudo, pesquisadores de duas universidades brasileiras e uma holandesa divulgaram os resultados de um experimento que analisou os efeitos do uso do celular, e outras distrações, no momento das refeições. Através de uma amostra de 62 indivíduos entre 18 e 28 anos, a conclusão foi o aumento médio de 15% na ingestão calórica para aqueles que utilizavam o aparelho durante a alimentação.

Segundo o estudo, dividir a atenção do cérebro entre o processo de mastigação e outras atividades, como usar o celular ou mesmo ler um artigo impresso, podem impulsionar o ganho de peso. Um dos responsáveis pela pesquisa, Márcio Gilberto Zangeronimoa, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), ressalta ainda que distrações no momento da alimentação, sejam elas de comidas saudáveis ou finger foods, podem impedir que o cérebro entenda corretamente a quantidade de comida ingerida, e consequentemente, possa aumentar a ingestão de calorias.



A pesquisa analisou, além do comportamento dos indivíduos no momento da alimentação, dados gerais como o IMC (Índice de Massa Corporal), idade, sexo e fatores psicológicos. A conclusão aponta também a relação do uso de smartphones e tablets por pessoas com tendência à obesidade. Segundo os pesquisadores, manter esse tipo de distração, principalmente na infância, pode causar efeitos ainda mais alarmantes com um risco 43% maior para o ganho de peso nessa faixa etária.

Fonte: Mega Curioso