Compartilhe

Pesquisadores de uma universidade da Inglaterra conversaram com mil pessoas e descobriram que os casais que dormem abraçadinhos e que mantêm contato físico durante o sono se diziam mais felizes em seus relacionamentos. 94% das pessoas que dormem de conchinha se dizem mais felizes, satisfeitas e apaixonadas.

Por outro lado, entre as pessoas que não dormem abraçadinhas com seus pares, o percentual das que se consideram vivendo um relacionamento feliz caiu para 68%. A pesquisa revelou, ainda, que a distância física entre casais que dormem na mesma cama pode provocar distanciamento afetivo também.



Entre todos os entrevistados, 12% dos casais dormem abraçadinhos e desses, 86% se consideram plenamente felizes. Já entre os 2% que dormem com uma distância de pelo menos 70 centímetros do parceiro, 66% afirmaram que estavam vivendo relacionamentos felizes.

O psicólogo responsável pelo estudo explicou que os resultados nos permitem supor com precisão a satisfação de um casal no relacionamento apenas perguntando como essas pessoas dormem. A posição mais comum entre os casais entrevistados era de costas um para o outro, com 42% das pessoas preferindo dormir dessa forma. Os casais que dormem de conchinha, representam 31% das pessoas que participaram da entrevista. 4% dos pombinhos dormem de frente um para o outro.

Em relação a outros traços de personalidade, a pesquisa revelou também que pessoas mais extrovertidas tendem a dormir perto do parceiro; as mais criativas tendem a ficar do lado esquerdo da cama.

Fonte: Mega Curioso