Compartilhe

Uma psicóloga de uma universidade de Londres (Inglaterra), concluiu após estudo com 2.000 crianças que aquelas que ouvem reggae estão mais abertas a experimentar “coisas novas” quando crescerem. Canções de Bob Marley as deixariam mais propensas a cruzar fronteiras culinárias, esportivas, literárias e da moda ao se tornar adultas.

A psicóloga observou o momento em que os participantes do estudo ouviam músicas dos mais variados estilos. Os resultados mostraram que 25% das crianças que ouvem regularmente o ritmo jamaicano estão mais abertas a “novas experiências” na vida. Com a música clássica, o número cai para 20%. Já com crianças que curtem heavy metal, apenas 4% delas são “mais flexíveis a novidades”.



“Sabemos que expor crianças a novos alimentos as ajuda a desenvolver um paladar mais aventureiro. O mesmo ocorre com a música”, disse a psicóloga. Outro achado aponta que 33% das crianças que foram ao primeiro show ao vivo entre 4 e 6 anos têm mais propensão a abrir o seu leque de experiências na vida.

Para os que só assistiram a uma apresentação musical depois dos 22 anos, o número cai drasticamente: apenas 9% se tornam mais flexíveis.

Fonte: Page Not Found