Compartilhe

Atualizado em

O clube ficou assustado com o salário pretendido pelo técnico para comandar a equipe.



Por Jean Bordini

Na noite dessa terça-feira, 18, o Palmeiras acabou desistindo de contratar o técnico Paulo Roberto Falcão para suceder Luiz Felipe Scolari. O clube ficou assustado com o pedido salarial do técnico.

Falcão pediu cerca de R$ 600 mil mensalmente para comandar o Verdão. O preço inclui o salário dele, de um auxiliar e de um olheiro.

O técnico Felipão recebia do Palmeiras R$ 700 mil. Mesmo que o valor exigido por Falcão seja mais baixo, o clube avalia que a quantia é muito elevada para um treinador que não tem uma grande bagagem no futebol local como treinador.



Agora outro técnico começa a ser avaliado pelo Palmeiras,o Renato Gaúcho, que está desempregado. Cristovão Borges, ex-Vasco, também já foi cogitado.

No futebol, principalmente, as negociações são decididas em longos capítulos, já que envolvem grandes valores. Aos torcedores só resta mesmo esperar.