Compartilhe

A Polícia Civil de Minas Gerais corrigiu a lista de desaparecidos em Brumadinho.

O número de pessoas não localizadas após o rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro, passou de 85 para 52, na semana passada.



O ajuste foi feito, segundo as autoridades, devido a erros e também por causa de fraudes.

▪ Veja mais informações da região!

Em nota, a Polícia Civil disse que, há entre os 33 nomes de desaparecidos removidos da lista os que foram incluídos por suspeitos de estelionato, que informaram nomes de pessoas que não estavam na região com o objetivo de conseguir vantagem econômica com as indenizações pagas.

Tudo está sendo investigado.

Até a última sexta-feira, dia 12 de abril, o total de mortes confirmadas era de 225.


Últimas Notícias