Compartilhe

Entre 2007 e 2012, Jocelynn James foi presa 16 vezes, por roubo e drogas em Phil Campbell (Alabama, EUA). O responsável por colocar a americana atrás das grades na maioria das vezes foi o policial Terrell Potter. Mas ela deu a volta por cima. Em 5 de novembro, ela completará 8 anos fora da cadeia e sem nenhum uso de drogas. “Estava cansada daquela vida, quis fazer algo diferente”, afirmou ela.

Para ela, as prisões feitas pelo policial salvaram a sua vida e a levaram a mudar radicalmente. “Estou perfeita, estou saudável”, declarou. No fim do ano passado, o policial descobriu que os seus rins estavam entrando em falência. Funcionavam apenas a 5% da capacidade total, e ele precisava urgentemente de um transplante. “Começamos a rezar pelo rim certo para mim”, disse o policial, hoje aposentado.



E ele veio. De onde todos menos esperavam. Jocelyyn soube da situação do policial e resolveu agir. “O espírito santo me disse que eu tinha o rim dele”, comentou. Após vários testes, a compatibilidade foi comprovada. “Se você me pedisse uma lista com cem nomes de quem pudesse me doar um rim, o nome dela não estaria nela”, falou o policial. “Era inacreditável que ela estivesse fazendo aquilo por mim”, acrescentou.

Em 21 de julho deste ano, o policial finalmente recebeu um rim da mulher que ele prendeu tantas vezes. “O rim começou a trabalhar assim que foi posto no meu corpo”, celebrou o americano, que considera Jocelynn agora uma filha.

Fonte: Page Not Found