Compartilhe

Atualizado em

Foto: Jean Bordini

Médicos, enfermeiros e colaboradores da Santa Casa de Misericórdia de Capivari, que preferem não se identificar, alegaram que estão desde setembro de 2018 sem receber seus salários.

Na noite desta quarta-feira (09) recebemos a informação que houve uma paralisação em sinal de protesto, um cartaz foi colocado na porta da entidade para informar que só seriam feitos atendimentos de emergência. Comunicado esse que foi retirado horas depois.



De acordo com a assessoria de comunicação municipal, a informação sobre a greve não precedia. O comunicado afirmava que “não chegou nenhuma informação dessa na Santa Casa”.

O prefeito de Capivari e interventor da Santa Casa, Rodrigo Proença, divulgou um vídeo ao lado de dois médicos, Drª. Camila e Dr. Ciro, por volta das 22h50 de quarta, onde afirmava que o atendimento estava normalizado e todos os pacientes seriam atendidos.

“Eu quero tranquilizar a população de Capivari que eu estou aqui com a Drª Camila e com o Dr. Ciro, dizendo que o atendimento aqui está normal”.

<center><iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F100010374319081%2Fvideos%2F772271776461959%2F&show_text=0&width=560" width="560" height="315" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allowFullScreen="true"></iframe></center>

Já na manhã desta quinta-feira (10), recebemos informações de alguns médicos, que o atendimento seria paralisado para aguardar uma orientação do Conselho Regional de Medicina (CRM) de como proceder.

Por outro lado, a enfermeira chefe de plantão, por volta das 8h20, afirmou que o atendimento estava normal e haviam dois médicos de plantão.

Na manhã de hoje (11), retornamos a Santa Casa e recebemos a informação que o atendimento estava normal, com dois médicos de plantão em atendimento.



Conversamos com alguns pacientes que confirmaram que estavam ocorrendo os atendimentos normalmente. Inclusive um deles afirmou que foi atendido e medicado.

Por telefone, o prefeito de Capivari afirmou que na tarde de ontem (10), houve uma reunião com a empresa responsável pela contratação dos médicos e tudo será resolvido sem interromper o atendimento. Ouça abaixo!

Rodrigo afirmou ainda que não existem salários em atrasos.

Não é verdade, é mentira, se algum dos funcionários da Santa Casa trouxe a informação que estariam meses sem receber. Isso não é verdade. O único pagamento que está em atraso é a segunda parcela do décimo terceiro.

Ouça a entrevista do Prefeito Rodrigo Proença ao programa Primeira Página na manhã desta sexta-feira, dia 11.