Compartilhe

Atualizado em

Capivari está inserida em uma campanha para lutar por revisão dos valores repassados pelo SUS.



Por Jean Bordini

Na última sexta-feira (6), a prefeitura de Capivari repassou à Santa Casa um recurso de quase 370 mil, vindo do Governo Federal e adiantou o repasse de quase 280 mil, pelos serviços prestados ao município no Pronto Socorro.

A medida garantiu que fosse pago o salário dos funcionários do mês de dezembro, que ainda não havia sido pago e também o pagamento do 13º salário, que segundo o presidente da Santa Casa Pasocal Marrscini será feito nesta segunda-feira (9).

Porém mesmo com esse repasse a Santa Casa continua com um défict muito alto. Segundo o prefeito de Capivari, Luis Donisete Campaci, o valor se aproxima de 9 milhões de reais.



Para buscar uma solução definitiva para os problemas financeiros da Santa Casa, a prefeitura de Capivari inseriu o município em uma campanha, por meio da APM, Associação Paulista de Municípios, onde apoiará um movimento nacional para lutar por uma revisão dos valores da tabela do SUS-Governo Federal, que segundo Campaci, o valor que é repassado hojé é insuficiente.