Compartilhe

O Procon de São Paulo aplicou uma multa milionária Google a Apple, responsáveis, respectivamente, pelos sistemas Android e iOs.

As punições foram por causa de um aplicativo que envelhece rostos, o FaceApp.



O Google terá de pagar quase 10 milhões de reais e a Apple, 7 milhões e 700 mil.

De acordo com o Procon, as empresas desrespeitaram regras previstas no Código de Defesa do Consumidor enquanto fornecedoras autorizadas do aplicativo FaceApp, que envelhece rostos e virou febre entre usuários.

Entre as regras desrespeitadas, o fato de que, em ambas as plataformas, a “Política de Privacidade” e os “Termos de Uso” do aplicativo foram disponibilizadas apenas em inglês.

Isso, segundo o Procon, impossibilita que muitos consumidores tenham conhecimento do conteúdo e contraria o artigo 31 do Código do Consumidor, que determina que informação adequada, clara e em língua portuguesa é direito básico.



O aplicativo FaceApp só não foi multado porque não ter representação jurídica no Brasil.

Cabe recurso ao Google e à Apple.