Compartilhe

A Prefeitura de Capivari, através da Secretaria de Educação, enviou um projeto de lei complementar para entrar em votação na Câmara Municipal que está gerando muitas dúvidas e questionamentos dos próprios vereadores e também de professores, parte deles que são contra as mudanças propostas pela secretaria.

Entre as mudanças dessa adequação na lei, que estava desde 2012 sem ser modificada, as que geraram maior desconforto por parte de alguns professores, tratam do número de alunos por sala de aula e também a questão das férias das PDIs, que são os Professores de Desenvolvimento Infantil.



Para entender melhor esse projeto que vão votar e outros questionamentos da educação, na tarde da última terça-feira (13), alguns vereadores marcaram uma reunião com a Secretaria de Educação. A secretária de Educação, Marília Cardoso Oliveira, que esteve presente na reunião, explicou sobre as alterações do projeto de lei em questão. Ouça a matéria:

 

Marília disse que os professores não vão ser prejudicados e disse que o projeto ainda está aberto para mudanças antes de entrar para votação na Câmara.

 



 

A nossa equipe também procurou professores para apontarem seus questionamentos, porém, preferiram não falar no momento. Uma das professoras procuradas até aceitou falar com a nossa equipe, mas não foi possível realizar a entrevista a tempo de levarmos ao ar junto com esta matéria.

De toda forma, fica aberto o espaço da Raízes FM para os professores darem a sua opinião sobre essa mudança na lei em questão.