Compartilhe

Número de homicídios diminui 21 vírgula dois por cento nos primeiros quatro meses de 2019, na comparação com o mesmo período de 2018.

Os dados, divulgados pelo Ministério da Justiça, foram colhidos da plataforma do Sinesp, o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública.



Criado em 2012, o sistema monitora os índices de criminalidade em todo o País e permite que sejam feitas consultas operacionais, investigativas e estratégicas.

No entanto, as porcentagens não obedecem a padrões técnicos e nem passam por fiscalização do Ministério da Justiça.

De acordo com a Folha de S.Paulo, o sistema gera certa desconfiança de pesquisadores e estudiosos pois, em muitas situações, os dados fornecidos pelos Estados são incompletos.

A plataforma mostra que, nos primeiros quatro meses de 2019, ocorreram 13 mil 142 homicídios no Brasil, ante os 16 mil 670, registrados no mesmo período do ano passado.



Os dados do Sinesp também indicam redução em outros oito tipos crimes: estupros; furtos de veículos; lesões seguidas de morte; roubos a instituições financeiras; roubo de carga; roubo de veículos; latrocínios; tentativas de homicídio.

Especialistas ouvidos em junho pela Folha de S.Paulo avaliam que a queda dos homicídios está relacionada com a diminuição dos conflitos entre grandes facções criminosas.

Outro motivo apontado é a integração entre o governo e os estados em relação a medidas para o setor de segurança pública.