Compartilhe

Problemas dos Correios entram na mira do Procon de SP.

O órgão de defesa do consumidor informou que vai notificar a empresa e cobrar explicações.



Isso porque as reclamações contra os Correios dispararam, nos últimos anos.

Em 2016, foram 93. Número que subiu pra 161, em 2017. E pra quase 600, em 2018.

O Procon entende que os Correios não tomaram medidas pra resolver os problemas dos clientes e as falhas do serviço.

E destaca algumas das principais reclamações, como: entrega não realizada, extravio de mercadoria e, principalmente, a recusa de entrega em áreas classificadas como de risco, mesmo com a cobrança do frete.



Os Correios vem de uma crise, nos últimos anos, com prejuízo bilionário.

Situação que, para especialistas, é a principal responsável pela queda na qualidade dos serviços.