Compartilhe

Redução da Selic de cinco pra quatro e meio por cento ao ano faz brasileiro perder dinheiro na poupança.

Isso porque o rendimento das cadernetas está diretamente ligado à taxa básica de juros.



Para depósitos feitos desde quatro de maio de 2012, o rendimento é equivalente a 70 por cento da Selic, mais a Taxa Referencial.

Ou seja, 3,15 por cento ao ano, abaixo da inflação, que nos últimos 12 meses chegou a 3,27, apontam dados do IBGE. E em 2020 deve ser de 3,6.

Pra resumir: quem aplicar 10 mil reais na poupança, hoje, em dezembro do ano que vem terá cerca de 10 mil 320. Só que um produto que hoje custa 10 mil pode custar 10.360.

Apesar do crescimento de outras modalidades, a poupança ainda é o tipo de investimento preferido do brasileiro.



Por mais que renda menos, ela ainda chama a atenção de alguns: pela segurança; por não haver cobrança de Imposto de Renda sobre os ganhos, nem taxa de administração; e por ser uma modalidade fácil de aplicar e entender.