Compartilhe

Atualizado em

A taça manteve a recente média santista de dois títulos por ano. Neste ano foi o estadual e a Recopa.



Por Jean Bordini

O Santos conquistou o inédito título da Recopa Sul-Americana após vencer a Universidad de Chile, nessa quarta-feira, 26, por 2 a 0.

Principal destaque do Santos, Neymar quase virou o vilão do Santos.

Depois de desperdiçar cobrança de pênalti em Santiago, no Chile, no primeiro duelo da decisão, Neymar voltou a perder penalidade na noite de ontem. No entanto, mesmo perdendo o pênalti a noite foi do craque. O jogador fez seu gol, comandou o time (ele foi o capitão) e ainda ajudou o Santos a levantar a taça.



A taça manteve a recente média santista de dois títulos por ano. Em 2010, o Peixe levou a Copa do Brasil e o Paulistão. No ano seguinte, novamente Paulistão e a Libertadores. Agora, em 2012, além do estadual, conquista a Recopa.

Foi o primeiro jogo de Neymar depois da venda do amigo Paulo Henrique Ganso para o São Paulo. No fim da partida Neymar dedicou a vitória à Ganso e disse que o jogador também faz parte da conquista, já que Ganso chegou a jogar no primeiro jogo da decisão no dia 22 de agosto.