Compartilhe

Pelo menos 12 pessoas morreram vítimas de sarampo este ano em São Paulo.

Desde janeiro, o Estado já contabiliza oito mil 619 casos da doença.



Somente na última semana foram 970 novos registros, doze vírgula 68 por cento a mais que na semana anterior, quando as notificações estavam em sete mil 749.

Do total de pacientes, 15 por cento tiveram que ser hospitalizados e mais de 35 por cento tinham menos de um ano de idade.

Há outras 17 mil 823 pessoas que apresentaram sintomas da doença, mas que ainda não tiveram o diagnóstico confirmado ou descartado.

A capital paulista registra a maioria das ocorrências no Estado, cerca de 57 por cento, seguida por Guarulhos, na Grande São Paulo; Santo André e São Bernardo, no ABC.



Os números são do último balanço da Secretaria Estadual da Saúde, finalizado em 16 de outubro.

A primeira etapa da campanha nacional de vacinação vai até 25 de outubro, para crianças a partir dos seis meses e com menos de cinco anos de idade.

A segunda etapa será realizada entre os dias 18 e 30 de novembro, para imunizar jovens com idades entre 20 e 29 anos.