Compartilhe

O Senado se prepara para instalar uma CPI de apuração sobre a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais.

Os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito devem começar na terça-feira da próxima semana, dia 12.



Com 11 titulares e sete suplentes, a CPI deve funcionar por 180 dias

Em declaração à imprensa, o senador mineiro Carlos Viana disse que o objetivo é investigar como era a relação da Vale com as autoridades e as responsabilidades dos governos estadual e federal.

Segundo ele, a ideia não é o fim da mineração, mas também não é possível deixar que o setor se autorregule e, depois de uma tragédia, peça desculpas.

A barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, se rompeu no dia 25 de janeiro, deixando mais de 300 vítimas entre mortos e desaparecidos.