Compartilhe

Atualizado em

Após polêmica diretoria do Flamengo decidiu encerrar o contrato com o jogador.



Por Jean Bordini

Após Adriano divulgar uma nota dizendo que havia pensando muito, conversado com amigos e com a família e que havia chegado à conclusão que a melhor coisa a ser feita é voltar a jogar só em 2013, e depois de um novo sumiço na semana passada, a diretoria do Flamengo decidiu encerrar o contrato com o jogador.

O vínculo do jogador iria até o dia 22 de dezembro, mas seu contrato de imagem já estava rescindido por conta de problemas disciplinares.

Ainda em nota oficial, Adriano chegou a dizer que ainda não sabe se voltará a jogar no Rio de Janeiro, mas afirmou que em 2013 estará pronto para entrar nos campos novamente.



Adriano deixará o Flamengo nesta terça-feira e de bolsos vazios.

Pelos mais de 100 dias de contrato com o clube, o jogador teria direito a receber cerca de R$ 150 mil (R$ 50 mil por mês) pelo período. No entanto, por conta das seguidas punições e deslizes em seu comportamento, Adriano não recebeu nenhum centavo.

O Flamengo desistiu de qualquer negociação para viabilizar um pagamento e manter seu contrato após toda a polêmica sobre seu desligamento.

O jogador, ao lado de Zinho, concederá entrevista coletiva nesta terça-feira para dizer o que foi acertado entre as partes.