Compartilhe

O circuito tem como objetivo levar a produção artística contemporânea para diferentes cidades do interior.

Por Jean Bordini



O Sesc realiza neste sábado, 15, em Capivari o Circuito Sesc de Artes.

O circuito, iniciado em 1998, com o projeto Lorca na Rua, tem como objetivo levar a produção artística contemporânea para diferentes cidades do interior, utilizando recursos das unidades já existentes nessas regiões.

A proposta se intensificou entre 2002 e 2007, com as itinerâncias das programações de quatro edições da Mostra Sesc de Artes. A partir de 2008, esta ação itinerante torna-se independente da programação das Mostras e passou a adotar a atual denominação, Circuito Sesc de Artes, com a realização anual a partir de 2010.

A edição 2012 percorreu 88 cidades com mais de 58 atrações. Este ano serão 102 cidades e Capivari é uma delas.



As apresentações em Capivari acontecem neste sábado, 15, na Praça Central, das 17h30 às 21h30. Com entrada gratuita.

Atrações: circo, intervenção, dança, cinema e música.

Confira abaixo sobre as atrações:

CIRCO

Saltimbembe Mambembancos
Rosa dos Ventos (Presidente Prudente / SP)

Malabarismo, acrobacias de solo, perna de pau, palhaços e música ao vivo: tudo na rua, à vista de todos, sem formalidades. É espetáculo na praça, para exibir habilidades e divertir as pessoas, de uma época anterior ao circo itinerante, quando as artes eram apresentadas por saltimbancos. Um encontro para rir de si mesmo e das personagens: é arte de rua. Representa a essência da linguagem desenvolvida pelo grupo Rosa dos Ventos, criado em 1999 por alunos da Unesp. Os trabalhos do grupo buscam a fusão do teatro, da música e das técnicas circenses.

Duração: 60 minutos.

INTERVENÇÃO

VideoCriaturas
Otávio Donasci (SP)

Pioneiro da arte multimídia no Brasil, Otávio Donasci apresenta sua principal criação, metade homem metade vídeo, interagindo com o público na praça. Os rostos da criatura mudam conforme a ação. Criadas na década de 1980 pelo artista, cenógrafo e diretor de espetáculos, as VideoCriaturas são seres híbridos formados de corpo e imagem fundidos de modo a formar uma terceira entidade. Trata-se de uma videoperformance em que o próprio Donasci pilota sua invenção.

Duração: 10 minutos cada apresentação.

DANÇA

Do Papo ao Passo
Cia. Soma (SP)

É uma aula. É um espetáculo. As dançarinas estão envolvidas em pesquisa e investigação em dança – e compartilham o resultado com o público em uma “conversa” ilustrada por danças, figuras e cenas que reconstroem o caminho do desenvolvimento de seu repertório. De caráter informal, Do papo ao Passo mostra o universo das danças das brincadeiras populares e as possibilidades corporais dessas danças misturadas com outras técnicas contemporâneas de dança, circo e teatro.

Duração: 60 minutos.

CINEMA

Desligue a Tecla Mute
Angélica Valente e Jonathan Macías (SP)

Projeto de intervenção sonora em filmes silenciosos de curta-metragem, alguns deles as primeiras obras de ficção e não ficção produzidas no Brasil. O programa compreende montagens de 15 a 25 minutos de duração (cada uma delas formada por um curta brasileiro, um curta de animação e um curta de comédia), que oferecem um panorama rápido, mas abrangente, dos gêneros cinematográficos mais populares do período anterior à chegada do som.

Duração: cerca de 15 minutos cada programa.
Classificação: livre.

MÚSICA

Casuarina (RJ)

Se é possível reproduzir o clima da Lapa carioca, poucos serão melhores para isso do que o integrantes do Caruarina, embora nenhum deles tenha nascido no bairro. O grupo apresenta um repertório de samba que passa por compositores como Benedito Lacerda, Herivelto Martins, Wilson Batista e Noel Rosa. Entre os participantes está João Cavalcanti, filho de Lenine.

Duração: 90 minutos.