Compartilhe

Um homem de 28 anos foi preso em Indaiatuba suspeito de envolvimento no assalto a empresa de valores Rodoban. O crime aconteceu em novembro de 2017, em Uberaba.

Segundo a Polícia Civil de Uberaba, um mandado de prisão havia sido expedido.



O suspeito foi localizado em um apartamento, e negou participação no mega-assalto.

Uma arma foi apreendida junto com documentos e um celular. A Polícia Civil de Minas Gerais teve o apoio da Polícia Civil de São Paulo durante a ação desta manhã.

O assalto:

A empresa foi invadida no dia 6 de novembro de 2017, por volta das 3h, por cerca de 30 homens. Eles atiraram diversas vezes e colocaram fogo em carros para intimidar a polícia, fechando quarteirões. Os assaltantes chegaram a utilizar corrente amarrada em postes para fechar uma das vias próximas à empresa.

A polícia calcula que a ação durou em torno de 1h30. O valor em dinheiro levado pelos criminosos não foi informado oficialmente pela empresa.



No dia seguinte, três pessoas foram presas em Caldas Novas (GO). As prisões foram feitas na cidade goiana pelo Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar do Estado (Graer), em um trabalho conjunto com outras forças de segurança de Goiás e do Paraná.

Objetos apreendidos pela Polícia Civil | Foto: Polícia Civil/Divulgação