Compartilhe

Atualizado em

Polícia Federal prendeu 18 pessoas suspeitas de práticas de pedofilia.




Em 10 mandados de prisão preventiva foram detidos quatro em São Paulo e os demais em Minas, Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Maranhão e Acre.


A maior parte dos investigados abusava efetivamente de crianças e registrava imagens do crime, segundo a PF.




Também são suspeitos de integrar rede de comunicação em salas virtuais dedicadas à pedofilia, onde comercializavam os registros.


Ainda segundo a polícia, algumas vítimas identificadas eram agredidas por pessoas do convívio familiar.


Se confirmadas as práticas criminosas, poderão pegar pena de 8 a 15 anos de prisão por estupro e de 3 a 6 anos por divulgação de imagens de pornografia infantil.