Compartilhe

Atualizado em

Não precisaria muito para Talita Real chamar atenção em um show sertanejo, aos 28 anos, ela aproveita a alta do sertanejo universitário para investir na versão pop da música caipira e conta com o apoio de um dos grandes ícones da música sertaneja o Xororó



O que deixou muitas pessoas curiosas com a nova revelação sertaneja é que em uma carreira de 40 anos Xororó nunca vinculou seu nome a novos artistas, como forma de apadrinhamento, .

Paula Fernandes que evidenciou a mulher na música sertaneja, faz a linha de mocinha do interior, já Talita considera que vai na contramão da musa de Roberto Carlos.

Em entrevista a um site a nova revelação do sertanejo disse:

– As músicas da Paula eu ouço em casa, sozinha, que é para ninguém conhecer meu lado vunerável. Mas, claro, se eu pudesse pedir, queria ser tão boa compositora quanto ela. No entanto, não temos nada a ver. Ela filosofa, e eu choro e como chocolate. O show dela é para sentar e refletir.



– Nas minhas canções eu mostro que a mulher é mais importante, algo no estilo girl power. Quero mostrar o poder das mulheres. Não gosto de ficar curtindo fossa.

Antes de se lançar como cantora sertaneja ela apostava em um estilo pop, no melhor estilo baile de formatura, que mistura todos os ritmos em um mesmo repertório. A história de Talita com o estilo caipira só surgiu com o sucesso das duplas universitárias, quando foi assistir a um show de Fernando & Sorocaba.

– Há dez anos, se você falasse que gostava de sertanejo era algo feio. Fui ao show e percebi que as músicas eram legais e eles se vestiam do mesmo jeito que eu, comentou Talita.

Do estilo universitário, Talita traz os arranjos com pegada mais pop, mas faz questão de dizer que evita as letras faceis das composições atuais.

– A diferença no meu CD é que eu não falo que coisas que todos estão falando. Também evito as palavras que todas as letras têm, como legal, real, no ar e etc, finalizou a cantora.