Compartilhe

Tomar banho de sol, moderadamente, faz bem à saúde, de acordo com pesquisas médicas. A exposição melhora o sistema imunológico e a absorção do cálcio no organismo. Porém uma nova corrente está ampliando os benefícios dos raios solares de uma forma inusitada. O método consiste em expor as partes íntimas ao sol.

Os defensores da técnica afirmam que ela dá mais energia, aumenta a libido, melhora o ritmo circadiano (que regula todo o funcionamento do corpo humano) e ajuda a ter uma boa noite de sono. Uma das adeptas, moradora da Califórnia (EUA), diz que dá mais energia do que xícaras de café. “Não apelo mais ao café para dar partida ao meu dia. Estou tirando a energia de que preciso do sol. Estou dormindo melhor e precisando dormir menos”, disse.



Recentemente, uma foto dela deitada de pernas abertas para o sol, em cima de uma pedra, viralizou na internet. O ponto vital, diz a americana, que se define como terapeuta, é o períneo (parte entre o ânus e a vagina). Cinco minutos de banho de sol no local fornecem energia para horas de atividade física. Protetor solar é dispensável.

“O objetivo não é bronzear. Protetor não é exigido. O principal conselho é não passar de cinco minutos de exposição ao sol”, disse.

A técnica, segundo ela, teria se originado de uma antiga prática taoísta em Cingapura. Um escritor e especialista em medicina oriental, afirma que a prática, entre outros benefícios, livra a genitália de germes. Não há qualquer comprovação científica que sustente o método.

Fonte: Page Not Found