Compartilhe

O trânsito do centro da cidade de Capivari foi tomado por máquinas agrícolas e caminhões de produtores rurais na manhã desta quinta-feira (7). A manifestação faz parte do conjunto de movimentos que pedem o veto do aumento do ICMS em todo o estado. Por volta de 60 produtores estavam presentes, além de representantes dos sindicatos ligados ao setor rural e associações e cooperativas como a Assocap, Canacap e Credicap.

Tratores na Rua 15 de Novembro em frente a Prefeitura de Capivari FOTO: Luan Giacomini

O decreto que determina o fim de benefícios fiscais, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo em outubro de 2020, entra em vigor no próximo dia 15. Inicialmente os alimentos e medicamentos genéricos também estavam inclusos na medida, mas após pressão dos setores envolvidos o Governador João Dória resolver abrir a exceção desses produtos.



Mesmo com o recuo anunciado na quarta-feira, produtores rurais de todo o estado de São Paulo se uniram e mantiveram as manifestações previstas, pois ainda serão prejudicados com o aumento no imposto estadual.

Maria Christina Pacheco, presidente da Assocap (Associação dos Fornecedores de Cana de Capivari) diz que os aumentos de custo para os produtores serão repassados aos consumidores finais, um exemplo é o Etanol Hidratado, o álcool que abastece os carros, que passará de 12% para 13,3% de tributação.

A exclusão de insumos agrícolas do decreto diminui os impactos negativos para o produtor rural mas interfere indiretamente em toda a cadeia dos setores produtivos da economia.

Confira abaixo a reportagem mais imagens da manifestação:

FOTOS: Luan Giacomini


Confira também registros das manifestações em Limeira e Piracicaba:

Manifestação em Limeira FOTOS: EPTV
Tratoraço em Piracicaba FOTO: EPTV