Compartilhe

A ponte aérea Rio-SP pode estar com os dias contados. O responsável por isso é o Hyperloop, tecnologia criada pelo empresário Elon Musk que deve chegar ao Brasil em 2025. Similar a um trem ultrarrápido, o Hyperloop não usa trilhos. Todo o transporte é feito por cápsulas que flutuam em alta velocidade dentro de um tubo de baixa pressão atmosférica. O ambiente reproduz condições similares às encontradas por aviões na altitude, podendo chegar a uma velocidade de 1.000 km/h.

Se a tecnologia, que já está em fase de implementação em outros países, for implementada aqui no Brasil, a viagem entre São Paulo e o Rio de Janeiro deveria durar apenas 25 minutos. Hoje, o mesmo trajeto leva cerca de 50 minutos de avião ou pelo menos cinco horas de carro. Caso saia do papel, é provável que rotas menores, como o trajeto São Paulo – Campinas, sejam as primeiras a entrar em funcionamento. A estimativa é de que uma viagem entre as duas cidades usando o sistema leve cerca de 6 minutos.



Segundo o fundador de uma das empresas responsáveis pelo projeto, a novidade pode chegar ao Brasil nos próximos cinco anos. Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, será a primeira cidade a receber as obras do Hyperloop. O empreendimento começará a ser construído ainda este ano.

No Brasil, a ideia ainda aguarda financiamento, que, de acordo com a reportagem, deve vir de empresas privadas. A legislação também é um impasse, visto que até o momento não existe regulamentação específica para este tipo de transporte. Para alterar isso, já foram iniciadas negociações com o governo federal.

Fonte: Hypeness