Compartilhe

Um turista britânico foi preso no aeroporto internacional de Hurghada (Egito) após supostamente dar um tapinha nas costas de um agente da Imigração como forma de agradecimento pelo tratamento cortês. O homem, de 51 anos, foi detido sob acusação de abuso sexual.

O incidente ocorreu no último sábado (8/2). O homem estava em um grupo de 18 britânicos que viajam pelo Egito. Ele, que é empresário em Londres (Inglaterra), está sendo mantido em uma cela sem teto em uma prisão de Hurghada, à espera de audiência, segundo denunciou a esposa, que permanece no Egito juntamente com o filho do casal, de 26.



“Tudo aconteceu pouco antes de embarcarmos de volta para casa”, disse uma das pessoas que fazia parte do grupo. Ele e outras testemunhas disseram ter visto o agente tocar no homem antes do tapinha. A detenção do turista, que já visitou outras vezes o Egito, foi estendida por mais 15 dias, enquanto a polícia investiga o caso.

Em Londres, a família lançou uma petição on-line para recolher assinaturas para a libertação do homem.

Fonte: Page Not Found