Compartilhe

A Organização Mundial da Saúde divulgou novos números sobre infecções sexualmente transmissíveis.

De acordo com a entidade, todos os dias, mais de um milhão os novos casos de doenças como clamídia, gonorreia, tricomoníase e sífilis são registrados entre pessoas de 15 a 49 anos.



E isso configura, para a OMS, um problema de saúde global.

Para se ter uma ideia, em 2016, foram 376 milhões e 400 mil novas contaminações por essas 4 doenças, que afetam principalmente os aparelhos reprodutivo e sexual de homens e mulheres – e são tratáveis.

Ainda de acordo com a OMS, a prevalência de gonorreia, tricomoníase e sífilis é maior nos países de baixa renda e a clamídia é mais presente nos países de renda média.

A meta da Organização Mundial da Saúde é reduzir em 90% a incidência de gonorreia e sífilis no mundo até 2030.



Metas para as outras infecções estão sendo estudadas.

Vale lembrar que, como são infecções transmitidas em relações sexuais, podem ser evitadas com o uso de preservativos.