Compartilhe

Universitários de Tuscaloosa (Alabama, EUA) estão realizando festas – chamadas de ‘Covid Parties’ – nas quais promovem o desafio de quem consegue pegar coronavírus primeiro. A denúncia foi apresentada por uma vereadora da cidade.

Os organizadores das “Festas Covid” convidam pessoas que estejam com o coronavírus para intencionalmente tentar disseminar a doença entre os participantes.



Segundo a vereadora, as festas com a “roleta russa do coronavírus” envolvem também apostas. Participantes depositam dinheiro em um pote e quem for o primeiro infectado leva a quantia.

Fonte: Page Not Found