Compartilhe

Nos últimos anos, o mundo começou a desmistificar a maconha e, resultado disto é que cada vez mais países vêm legalizando a erva, seja para fins medicinais ou recreativos. Dentre os diversos estudos que vêm sendo feitos sobre seus efeitos e funcionalidades, um dos mais inusitados diz que a urina dos usuários de maconha é capaz de gerar energia.

O conceito do uso de urina para criar eletricidade já existe há um tempo e, trabalha através da conversão da energia armazenada em compostos químicos em eletricidade, por meio de reações bacterianas. Esta tecnologia já foi usada em alguns países em desenvolvimento, como alternativa sustentável, sendo substituta do petróleo e carvão.



A partir desta técnica, são separados os componentes químicos da ureia, substância encontrada na urina, isolando o hidrogênio, que passa por um processo de purificação e pode ser usado em um gerador.

Fonte: Hypeness