Compartilhe

Concessionárias aguardam crescimento de nove vírgula 67 por cento nas vendas de veículos em 2020, em relação ao ano anterior.

A previsão foi divulgada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave.



O presidente da entidade, Alarico Assumpção, avalia que os indicadores econômicos apontam para um bom ano para o setor.

Em entrevista à Agência Brasil, ele diz que fatores como juros menores, inflação sob controle, crédito mais fácil e a inadimplência baixa contribuem para a expectativa positiva.

Apesar do otimismo, balanço da Fenabrave mostra que no primeiro mês do ano as vendas de novos veículos caíram um vírgula 61 por cento, na comparação com janeiro de 2019. A maior redução, de cinco vírgula 62 por cento, foi na comercialização de automóveis.

Ao todo, foram vendidos 154 mil e 500 carros no País, no primeiro mês do ano.



De acordo com Assumpção, um dos motivos para a retração é a suspensão do licenciamento no estado de São Paulo, por causa da transição do modelo das placas para o modelo do Mercosul.